O Mundo do Aço

A produção brasileira de aço bruto em novembro caiu 6,1 por cento sobre um ano antes e recuou quase 10 por cento na comparação com outubro, quando a atividade do setor foi a mais intensa desde 2012, segundo dados do Instituto Aço Brasil (IABr), divulgados nesta quarta-feira.

As siderúrgicas do país produziram em novembro 2,84 milhões de toneladas de aço, abaixo da média mensal do ano, de 2,92 milhões de toneladas, segundo os dados da entidade que representa siderúrgicas como CSN, Gerdau, Usiminas e ArcelorMittal Brasil.

As vendas no mercado interno, porém, subiram 7,2 por cento na comparação anual em novembro e recuaram 3,4 por cento no comparativo mensal, a 1,54 milhão de toneladas, segundo a entidade.

O movimento nas vendas foi, mais uma vez, impulsionado pelos laminados planos, que tiveram alta de 13 por cento sobre novembro de 2017, para 966 mil toneladas, sinalizando o bom momento da indústria automotiva, um dos principais clientes do segmento.

Já as vendas de aços longos, usados na construção civil, tiveram baixa de 2,5 por cento no comparativo anual, para 539 mil toneladas.

Segundo o IABr, as importações de aço no Brasil subiram 3,6 por cento em novembro sobre um ano antes, para 172 mil toneladas, volume que representa um crescimento de quase 38 por cento na comparação com outubro.

Com isso, o consumo aparente, métrica que mede as vendas de aço produzido no Brasil e importado, teve alta de 6,9 por cento em novembro sobre um ano antes, para 1,71 milhão de toneladas. 

As exportações das usinas, porém, caíram 9 por cento em novembro na comparação anual e recuaram 1,3 por cento sobre outubro, para 1,16 milhão de toneladas.

Fonte: Reuters

Comente aqui
O seu endereço de e-mail não será exibido no comentário
Campos obrigatórios estão indicados com ( * )
Ainda restam caracteres.
Seu comentário está aguardando aprovação.
Obrigado pelo seu comentário!

ferrominas@ferrominas.com.br

Rua Virgínia Brandão 157 - Santa Luzia
Centro, Ubá - MG, 36506-006