Nosso site utiliza cookies para melhorar a navegação do usuário. Os cookies são pequenos arquivos de páginas que você visita e que ficam salvos no seu computador. Clicando em "Eu Aceito!", você concorda com esse armazenamento no seu dispositivo e nossa Política de Privacidade.
Receba novidades do blog Mundo do Aço!

Mundo do Aço

Produção de aço bruto em Minas alcança 6,1 milhões de t até julho crédito: Washington Alves/Light Press

A produção brasileira de aço bruto foi de 21 milhões de toneladas no acumulado de janeiro a julho de 2021, o que representa um aumento de 22,0% frente ao mesmo período do ano anterior. Só em Minas Gerais, que representa 30% do mercado nacional, as siderúrgicas fabricaram 957 mil toneladas do metal bruto em julho e 6.1 milhões de toneladas nos primeiros sete meses do ano.

No país, a produção de laminados no mesmo período foi de 15,6 milhões de toneladas, aumento de 32,6% em relação ao registrado no mesmo acumulado de 2020. A produção de semiacabados para vendas totalizou 4,8 milhões de toneladas de janeiro a julho de 2021, um acréscimo de 0,2% na mesma base de comparação*.

As vendas internas foram de 14,1 milhões de toneladas de janeiro a julho de 2021, o que representa uma alta de 38,4% quando comparada com o apurado em igual período do ano anterior.

O consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos foi de 16,4 milhões de toneladas no acumulado até julho de 2021. Este resultado representa uma alta de 44,9% frente ao registrado no mesmo período de 2020.

As importações alcançaram 3,0 milhões toneladas no acumulado até julho de 2021, um aumento de 154,0% frente ao mesmo período do ano anterior. Em valor, as importações atingiram US$ 2,8 bilhões e avançaram 115,8% no mesmo período de comparação.

As exportações atingiram 6,2 milhões de toneladas, ou US$ 4,7 bilhões, de janeiro a julho de 2021. Esses valores representam, respectivamente, retração de 10,5% e aumento de 39,2% na comparação com o mesmo período de 2020. 

Dados de julho de 2021

Em julho de 2021 a produção brasileira de aço bruto foi de 3,0 milhões de toneladas, um aumento de 14,5% frente ao apurado no mesmo mês de 2020. Já a produção de laminados foi de 2,2 milhões de toneladas, 35,4% superior à registrada em julho de 2020. A produção de semiacabados para vendas foi de 681 mil toneladas, uma queda de 12,1% em relação ao ocorrido no mesmo mês de 2020*.

As vendas internas avançaram 11,2% frente ao apurado em julho de 2020 e atingiram 2,0 milhões de toneladas. O consumo aparente de produtos siderúrgicos foi de 2,4 milhões de toneladas, 23,9% superior ao apurado no mesmo período de 2020.

As exportações de julho foram de 978 mil toneladas, ou US$ 872 milhões, o que resultou em aumento de 11,8% e 122,6%, respectivamente, na comparação com o ocorrido no mesmo mês de 2020.

As importações de julho de 2021 foram de 512 mil toneladas e US$ 481 milhões, uma alta de 250,7% em quantum e 182,5% em valor na comparação com o registrado em julho de 2020.

*Devido a uma perda que ocorre durante o processo produtivo do aço, a soma da produção de laminados e semiacabados para vendas não equivale ao total da produção de aço bruto.

Fonte: IABr - Instituto Aço Brasil

Comente aqui
O seu endereço de e-mail não será exibido no comentário
Campos obrigatórios estão indicados com ( * )
Ainda restam caracteres.
Seu comentário está aguardando aprovação.
Obrigado pelo seu comentário!

ferrominas@ferrominas.com.br

Rua Virgínia Brandão 157 - Santa Luzia
Centro, Ubá - MG, 36506-006